Lactação Adotiva e Relactação

Lactação Adotiva e Relactação

A Relactação é uma técnica que contribui para aumentar a produção de leite de uma mãe. O próprio bebê estimula a mama enquanto ele se alimenta de outro leite, podendo ser leite materno doado. Ajuda a evitar a frustração de uma criança na amamentação por perceber uma baixa produção láctea na mama fazendo que ela a estimule.

 

Algumas indicações:

Bebês pré-termo em processo de transição para a sucção a mama;

Mães que, por algum motivo, estão com produção deficiente de leite materno;

Mães que adotam crianças recém-nascidas e desejam amamentar.

 

Quando a mãe tem produção de leite materno e por alguma razão a criança não consegue sugar efetivamente a mama, utilizamos a Translactação. É um suporte para manter a amamentação enquanto tenta-se solucionar algum problema. Indicada quando:

A mãe fez cirurgia mamária com comprometimento de ductos ou glândulas;

A amamentação não é efetiva, interferindo na produção láctea da mãe;

O bebê possui baixa força de sucção;

O bebê tem freio de língua encurtado.

 

Em alguns casos é necessário a avaliação e acompanhamento de uma fonoaudióloga. O Grupo Deleite possui este profissional no seu quadro, podendo ser solicitada.